8 de jul de 2014

Sobre um dia qualquer

Há algum tempo não escrevo, mas penso tanto... queria trazer de volta, imprimir e traduzir tantos pensamentos. Bons e ruins, complexos e simples. Eternos e doces paradoxos.
Vida que segue na luta serena, pequeninos segredos e luzes acesas.
Um dia cinza, como as minhas paredes. Vejo beleza nisso.