16 de fev de 2017

Mortes

Você morou em mim, esperança.
Por um tempo fugaz, na segurança
Disse a ti que seria sua fortaleza
Embora toda a vida, hoje tristeza

Alimentei os sonhos em sua face
Nomes de anjos, santos, mártires
Bebi incerteza sem usar disfarce
Matei meus pecados dos alarmes

Viveu em mim ou na lembrança
Enriqueceu minh'alma de pobrezas
Saiu de meus sonhos uma criança
Dissipou o destino amada riqueza