16 de mar de 2010

Diálogo da confissão implícita.

_Não entendem.
_Quem não entendem, o que não entendem, por que não entendem?
_Apenas não entendem. Preciso esmiuçar?
Uma silenciosa dúvida maquinava pelo ar.
_Realmente, sou mais um desses que não entendem.
Sorriu a primeira interlocutora, continuando a baboseira.
_ Não viu, há tempos tenho lhe dito, não sei a razão pela qual você não entende.
_ De qual maneira eu entenderia um discurso tão dilacerado?
_ Apenas ouvindo.
_ Então diga.
_ Você não entenderia...

2 comentários:

  1. Um ato tão simples aquem comprende, e tão dificil aqueles que são passiveis dessa força. Duro... porém lindo.

    ResponderExcluir
  2. Perder-se nas interlocuções é mais fácil do que andar pra frente.

    ResponderExcluir