17 de jul de 2009

Tudo adiado

Adiei minha mudança de atitude, minhas faxinas conceituais.
Preferi continuar uma cabeça dura, não vou mudar!
Tudo que tenho hoje são pensamentos que me aliviam,
Tudo que tenho hoje são sonhos secretos, absurdos.
Quero esperar o próximo inverno pra ver o que dá
mas é claro não posso contar que chegarei até lá
Preciso sim da mudança, mas hoje sinceramente não será
Esqueci até de tentar poetizar essas frases esdrúxulas
Mas indubitavelmente vou ter que adiar !

5 comentários:

  1. ... às vezes é bom "dar um tempo".

    ResponderExcluir
  2. teu poema faz sonhar

    liberdade da tua alma.

    um abraço

    ResponderExcluir
  3. Estou, neste momento, preparando o próximo post, que tentarei publicá-lo até terça.
    Por favor, sobreviva, volte, lá e comente.

    Eu ainda escrevo um texto especialmente para aquela tempestade, no topo; planície, estrada asfaltada e céu tão pesado quanto baixo. Tres acontecimentos dentro de seu coração. Posso?
    Voce gostaria de ajudar, quer passar novas informações?

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Tudo lá dentrinho do coração...

    ResponderExcluir
  5. Adiar às vezes é o melhor caminho. Cada um tem seu tempo, cada um sabe a hora. Muito bom. beijo.

    ResponderExcluir