6 de nov de 2008

Perfeição, onde?

Conceito de perfeição
Subjetividade que delira
Amplitude desmedida em nós.
Ponto de vista, do alto de lado,
construindo paralelos sobre realidade.
Vontade, busca por percebê-la
encontrando algum monte de beleza,
infinitos serão os contrapontos.
Acha-se infelicidade, fica-se só.
Acha-se confusão, dúvida, dor.
Não achas, somente procuras.
Contudo, está ao lado,
em apenas perceber a suavidade.
No ínfimo afeto das mãos,
no palpitar do coração.
Encontras na amizade, juntos.
Encontras na paz, sorrisos.
Achas, onde menos pensas.


Não temo não ser lembrada, temo não lembrar que posso ser ouvida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário