1 de fev de 2009

Certeza?


Poucas...

De que amo, só não sei como.

De que gosto, só quando escrevo.

Dos medos, que talvez se dissipem.

Das paixões que talvez se apaguem...

3 comentários:

  1. Nas indas e vindas do tópico lá da comunidade da Clarice vim parar aqui, tu tens belas poesias.^^

    ResponderExcluir
  2. lindo adorei..

    um sorriso
    um abraço..

    ResponderExcluir