9 de fev de 2009

Sobre algumas idéias


Ontem, na presença de uma amiga, álias uma incentivadora, eu procurei explicar um pouco dos meus planos.

Não quero parar na poesia, até mesmo porque esta nunca foi a idéia principal na hora de escolher que queria escrever, gosto de estórias...

Digo estórias, pois é vasto o mundo imaginário em mim, ígneo e curioso.

Mas nem tudo são flores e a dúvida me persegue, quem leria?

Então decidi que algumas das idéias já vão passar pro papel, e aos poucos vou publicando aqui no blog e almejo que todos os visitantes aproveitem das minhas loucuras, amanhã mesmo vou abrir meu coração e expor alguma coisa, mas jamais vou largar a poesia, pois são estes lapsos poéticos que me mantem no caminho da literatura.

Obrigada.

Um comentário: